Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Então é Natal...

por Ni, em 25.11.08

Olá !!

Desculpem a ausência, a "greve"não era para se alongar por tanto tempo, mas, o tempo foi passando...

De repente, ou quase sem dar por isso, as ruas enfeitaram-se, há mais luz, mais cor e sente-se já aquele espirito de Natal. Segundo as estatisticas,  a maioria dos Portugueses faz as compras de Natal na primeira quinzena de Dezembro, por isso ainda vou a tempo de vos lembrar que em muitos casos, os bens mais preciosos  que podemos dar não se vendem nas lojas, não custam nada e duram para sempre. Podemos dar conselhos a quem os pede, e mesmo sem que nos peçam. Podemos dar tempo a que as coisas se resolvam, as pessoas cresçam, a que passem as zangas e os amuos. Podemos dar outra oportunidade ou o benefício da dúvida. Podemos dar a mão a quem ficou para trás. Podemos dar espaço aos outros para manifestarem a sua discordância e a sua crítica. Podemos dar esperança de que  seja como for, haverá luz no fundo do túnel. Podemos dar um beijo, um abraço, um simples olá.  Podemos dar um sorriso, do tamanho do mundo, acreditar que cada ano que passa, somos pessoas melhores!

Gostava que pensassem um bocadinho nestas coisas, não pretendo impor moralismos, eu também faço os meus "loucos" pedidos ao Pai Natal, mas as minhas melhores recordações  são as pessoas, os sorrisos, os beijos e abraços, não me lembro muito dos presentes que tenho recebido, mas lembro-me bem de todas as pessoas que passam o Natal comigo, e acreditem que a minha familia é bem grande :)

 Mudando de assunto, ainda falta um mês para o Natal, até lá ainda há muita "luta", muito estudo, muito treino e muito frio que é o que mais se tem sentido nos últimos dias.

Beijos Ninocados para todos em especial para a Inês****

P.S. Um olá especial para a Ana Isabel, com muito carinho, muita força e coragem. Beijo grande*

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:03



10 comentários

De catarina a 26.11.2008 às 13:42

Olá!
Pois é, e num instante se iluminam as ruas e o espírito de Natal volta a estar no ar...
E gostei bastante do que disseste (pois, olha que grande novidade...), por vezes procuramos tanto por uma prenda quando temos sempre à mão o melhor que podemos dar a alguém que gostamos :)

E até lá, é trabalhar pra não fazermos o nosso Natal ficar mais amargo, n é?

Bjinhos***

De Ana Isabel a 26.11.2008 às 14:56

Olá
Muito obrigada por te lembrares de mim.
Pois é, estive em Portugal, mas como deves imaginar não deu para visitas sociais.
O Natal está quase aí e, aqui, está tudo coberto de neve.
É bonito, mas podia ser só no Natal, mais do que isso, cansa.
Beijinhos

De Di a 26.11.2008 às 19:14

O Natal é uma das épocas que mais gosto! Principalmente de ter toda a família junta lá em casa e claro dos presentinhos! Quem não gosta?

:)

Beijinhosss

De Sisi a 27.11.2008 às 14:32

O Natal está mesmo há porta!
Para mim as prendas não são o mais importante do Natal, o mais importante é a família estar junta!

De menina sonhadora a 28.11.2008 às 12:18

Ha tanto tempo minha querida
espero que esteja tudo bem
bjs

De inês a 28.11.2008 às 18:24

Agradeço profundamente os Beijos Ninocados (ahah), Ni, Daniela, Ni !

Beijos Inocados (já há quem me chame Inocas, vê lá tu..)

De Ynnêz a 28.11.2008 às 23:20

Gosto muito dos teus post's :D
Bjnhs

De Babs a 29.11.2008 às 23:01

Tens toda a razão... os melhores presentes nao se compram com dinheiro.
E agora que falas nisso, nao tenho grandes memorias da prendas que tenho recebido em Natais passados. Lembro-me de duas agendas electronicas que recebi no mesmo Natal, porque me recordo de estar com o meu primo crescido a experimenta-las. De resto, nao guardo mais recordaçoes de prendas, mas lembro-me perfeitamente de passar um Natal ha 6 anos no Alentejo e de assar bocadinhos de chouriço e frango na fogueira que fizemos la fora. É talvez das memorias mais fortes que tenho do Natal. Oh... e lembro-me de no Natal a seguir a festa ter sido na casa da minha avó que mora ao pé de mim, e eu ter saido de casa por volta das 8 horas e de antes disso ter desejado um feliz natal a toda a gente no chat da Cidade da Malta - se calhar ainda nao te contei mas eu andava sempre por aquele site.
E, por acaso lembro-me ainda de ter ficado muito triste no Natal a seguir!!! A prenda que os meus pais me deram foi uma maquina de tecelagem (nada muito a sério... era de plastico)... Se calhar ainda existem à venda, nao sei. Aquilo chamava-se "oficina de tecelagem". O que eu sei é que no dia a seguir fui abrir a caixa super-feliz, porque adorava trabalhos manuais e - eu que sou super-cuidadosa - parti uma peça pequenina que era essencial para que aquilo funcionasse. A minha mae disse-me para guardar a caixa e nao mexer mais para depois irmos trocar ao supermercado. Quando fomos trocar - e demoramos algum tempo a ir - ja nao havia mais nenhuma "oficina de tecelagem" entao a minha mae deu-me só o dinheiro daquilo. Eu fiquei tao triste. 1º porque naquela altura odiava muito mais do que agora receber dinheiro... sobretudo, porque como nao tenho minimamente liberdade para ir sozinha a algum lado comprar coisas, ficava sempre dependente dos meus pais para ir a algum lado gastar esse dinheiro. Alem disso, a minha mae tinha-me dito que dava-me o dinheiro mas que iamos continuar a procurar noutros sitios se havia a tal oficina. MAS NUNCA PROCURÁMOS! E imagina so que nesse ano o meu irmao queria umas tartarugas ninja e perdemos tardes inteiras em supermercados a procurá-las, inclusivamente quando fomos ao Alentejo. Bem... dos outros Natais nao me lembro de quase nada. Enfim...

Beijinhos

De Guida a 02.12.2008 às 17:17

Olá Ni !!!

Pois é... Estamos a entrar na época de Natal[º<:}}}], eu já escrevi uma carta ao Pai Natal, mas acho que ele não a vai receber... LOL
Os melhores presentes são aqueles que o dinheiro não pode comprar.

Beijinhos

De Marta a 06.12.2008 às 23:17

Olá :D
Eu também gostava muito de ter ido ver a neve mas infelizmente também não pude :(
Na quarta-feira só tive uma aula, ahah!
Bjs*

Ps: gosto muito do teu blog :p

Comentar post




Mais sobre mim

foto do autor